Utilizamos cookies neste website para personalizar conteúdos e anúncios com o objetivo de fornecer recursos de mídia social e análise de tráfego. As informações de uso do nosso site são compartilhadas com parceiros de mídia social, publicidade e análise. Só utilize este website se concordar com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade além das políticas para os serviços de terceiros utilizados neste website.
Curtir
Compartilhe
Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no Google+

A independência do Brasil do domínio português

Feriados nacionais Feriados e datas comemorativas Feriados estaduais Próximo feriado

O processo de independência do Brasil

Independência do Brasil

O Brasil foi uma colônia portuguesa de 1500, ano do descobrimento, a 1822 e a Independência do Brasil foi o processo que levou a colônia à sua emancipação política de Portugal. A Independência do Brasil é comemorada em 7 de setembro, dia do Grito do Ipiranga. O Grito do Ipiranga foi o brado de D. Pedro I às margens do Rio Ipiranga (São Paulo).

Em 7 de setembro D. Pedro recebeu uma carta de seu pai ordenando sua volta para Portugal, mas junto vieram outras duas cartas, uma de José Bonifácio, outra de sua esposa, encorajando-o a romper com Portugal. No momento sua decisão foi revelada publicamente no brado conhecido como o Grito do Ipiranga. “Independência ou Morte!”. A frase traz certa referência ao que aconteceu com Tiradentes no processo conhecido como Inconfidência Mineira.

A Independência do Brasil não foi simplesmente uma proclamação e tudo aceito em paz. Houve resistência de algumas províncias e guerra. A independência aconteceu com a ajuda diplomática e financeira da Grã-Bretanha para formação de um exército e de uma marinha de guerra. Essas entidades foram formadas contratando mercenários e oficiais estrangeiros.